meu cadastro | meus pedidos | cadastre-se

Escolas » Passeios em Florianópolis ecológicos e culturais

Diferente é começar o dia cedo porque você tem encontro marcado com uma lontra. E tem que ser antes das 10 horas, porque esse é o horário dela dormir. Nesse clima é que começa o passeio pelas praias do Sul da Ilha, que vamos compartilhar aqui, num roteiro elaborado pela Ecoexperiências, uma agência de turismo sustentável, em Florianópolis. O primeiro local da visita é o Projeto Lontra onde, graças ao trabalho de uma ONG, é possível conhecer essa fofura num refúgio animal. Os animais eram órfãos e foram ensinados a nadar, alimentados na mamadeira e, caso fossem soltos na natureza, seriam presas fáceis. Por isso estão ali, sendo cuidados com muito amor por pesquisadores, biólogos e voluntários. Na Lagoa do Peri, onde fica a base do projeto, também há lontras no habitat natural sendo monitoradas pela ONG.

Foto: Ecoexperiências

Depois do Projeto Lontra, o roteiro segue para duas praias impressionantes de bonitas, a Armação e o Matadeiro. Atravessando uma pequena ponte, de um lado a paisagem de barquinhos coloridos que saem para visitar a Ilha do Campeche, e do outro altas ondas disputadas por surfistas. No caminho, a guia de turismo que nos acompanha mostra construções feitas de óleo de baleia e conta que praias no Brasil com esse nome, Armação, tiveram presente a economia da caça da baleia. E pobres baleias! Faziam quase de tudo com elas, desde material de construção até guarda chuvas. Não mais ameaçadas, nos meses de inverno as baleias francas dão o ar da graça em Floripa. Emoção pura!

Hora do mini desafio dia: Trilha do Saquinho

Partimos da Armação até a bela praia da Solidão para iniciar nossa caminhada de 1.5 km com chegada na praia do Saquinho. O caminho é todo calçado, alguns trechos inclinados, mas a guia dá o tom da atividade: mais importante que a chegada, é curtir o caminho. E é isso mesmo. Aquele mar infinito, costões, ilhas e uma linda vista panorâmica da praia. Realmente não há paisagem mais bela que o alto de uma montanha! Depois da subida, tem sempre a descida, e essa está em uma mata atlântica privilegiada. No caminho, a guia identifica espécies que eram utilizadas na gastronomia, plantas medicinais e, pasmem, apresenta até lendas que contam que as figueiras eram o local preferido das bruxas (as lendas de Floripa são geniais!).

Cerca de 1 hora depois de muita contemplação e informação, chegamos na tranquila praia Saquinho e na comunidade que vive sem acesso à rede elétrica. Somos recepcionados pelo sorridente Quirino, que tem o único restaurante no local. Se simpatiza contigo, oferece cachaçinha e boa proza. O jovem Eduardo, seu filho, também ajuda no estabelecimento. Mas quem dá o tempero do peixe fresco e da comida deliciosa é a Marli, a simpática matriarca da família. Após interagir e colaborar com a família, retornamos da trilha já também “diferentes”, sensibilizados ao conhecer formas de vida tão distintas do cotidiano, tão conectadas à natureza.

Foto: Ecoexperiências

Seu Quirinho e família: uma experiência transformadora na praia do Saquinho

Rota Gastronômica do Ribeirão da Ilha

Foto: EcoexperiênciasAs experiências do dia continuam e vamos de carro até o Ribeirão da Ilha. Chegando no charmoso bairro histórico, casinhas coloridas, um reduto português, com muita história das imigrações açorianas para a guia contar. Mas na paisagem também chamam a atenção os cultivos de ostras e a quantidade de restaurantes. Vamos então até uma fazenda de ostras e somos recebidos pela animada Rita! Florianópolis é o maior produtor de ostras do Brasil. O molusco chega como uma semente da Universidade Federal, para depois ser cultivada pelos maricultores num processo que pode levar de 7 a 10 meses, segundo relata a produtora. O local que conhecemos é um dos poucos que tem cultivo e restaurante próprio, e provar suas ostras ali é a certeza das mais frescas e saborosas da vida. Tem crua, cozida e inúmeras versões. Depois de conhecer todo o processo, o trabalho e a dedicação da Rita, mesmo quem faz cara torta para a iguaria vai experimentar e garanto que corre grandes riscos de se apaixonar!

O dia é intenso, com muita paisagem linda, mas o que toca mesmo é o amor que todas as pessoas que você conhece ao longo do dia dedica para mostrar essa Floripa diferente. E isso acaba fazendo com que você também não retorne igual.

Serviço:
Ecoexperiências – www.ecoexperiencias.com.br – Experiência Sul da Ilha
Projeto Lontra – www.projetolontra.org.br